5 formas diferentes publicar um livro

Você escreve e quer registrar o seu talento? Veja como funciona publicar o seu trabalho!


Escrever um livro é um trabalho intenso, árduo, forte e, sem dúvidas, cheio de emoções que variam em momentos bons e ruins. Encarar a escrita, revisar o seu texto milhares de vezes e organizar os pensamentos em palavras são apenas algumas das atividades que quem escreve enfrenta durante o processo de produção do livro. É um ato de coragem!


“Escrever exige coragem desde o momento em que você começa a imaginar sua história. [...]Exige que você descubra, sob cada elemento da narrativa, o que ele oferece de novo, de inesperado; como ele dialoga com a realidade, com a experiência humana; e de que maneira reflete exatamente o que você deseja expressar” - Rodrigo Gurgel, professor de literatura.



Quando seu livro estiver pronto, você precisa dar mais um passo muito importante antes de publicar. Registrar a sua obra! Isso garante segurança ao seu trabalho. Caso aconteça um plágio, você consegue provar sua autoria facilmente e garantir os seus direitos.  O registro deve ser feito no EDA – Escritório de Direitos Autorais, que faz parte da Fundação Biblioteca Nacional.


Como publicar?


1.Editoras que trabalham com grandes tiragens

Você pode procurar uma editora que trabalhe com grandes tiragens caso o seu objetivo seja tornar o seu trabalho amplamente conhecido e distribuí-lo nas principais livrarias. Para isso, você vai precisar de uma editora que divulgue você e seu livro para que você consiga começar a vender. Vale falar que a vantagem de uma grande tiragem é que, quantos mais exemplares você faz, mais barata fica cada unidade.


2. Editoras que trabalham com pequenas tiragens

Estas editoras são para os escritores que não pretendem, no momento, lucrar com vendas dos livros, mas ter seu trabalho oficialmente publicado e segurá-lo nas mãos editado, impresso e completamente finalizado! As editoras que trabalham com esse tipo de produção fazem, em média, entre 20 a 100 exemplares por edição.


3. E-books

Leitores digitais são uma realidade cada vez mais forte no universo da literatura e, se você está disposto a trabalhar pela divulgação do seu trabalho, você pode publicar um E-book sem gastar com a impressão dos livros. Você pode fazer parceria com blogueiros, youtubers e influencers de literatura para ajudar na propaganda de sua produção.


Dica: A Amazon possui um sistema de publicação de e-books muito bem avaliado e a Saraiva Publique-se também!


4. Impressão por demanda

Esta é uma forma barata de distribuir a sua obra. Você vai trabalhar com empresas que realizam vendas de livro e o seu trabalho vai ser impresso de acordo com os pedidos. Toda vez que alguém comprar, apenas um exemplar será impresso e enviado. Porém, ao contrário das editoras, com esta forma de publicação você não terá a diagramação, a capa e nem a revisão. Terá que arcar com estas atividades.


5. De forma independente

Neste tipo de publicação, você assume toda a responsabilidade para a produção dos seus livros: revisão, edição, criação de arte, diagramação, vendas e distribuição. Você faz todo o trabalho e lucra de acordo com a demanda de pedidos. Não é fácil, mas pode ser uma boa opção para você que ainda não tem um capital exclusivo para isso, mas não quer deixar de mostrar ao mundo o que sabe fazer de melhor!


Ah! E se você estiver pensando em publicar um livro e precisar de uma ajudinha... conte com a gente! A Zan está super disposta a conhecer o seu trabalho e auxiliar no processo de registro e publicação. Entre em contato!

3 visualizações

© 2020 Zan Comunicação - Todos os direitos reservados.