A DR que vc deveria fazer frequentemente é com seu assessor de imprensa



Dia dos Namorados é dia de comemoração, amor e focar no lado positivo, né? Claro, ninguém vai fazer a famosa “DR”, ou discutir a relação nesse dia, fato! Mas aqui eu queria aproveitar o gancho de romance e contar um "bastidores" bem comum na Zan Comunicação. Nós estimulamos e fazemos muita DR com nossos clientes.


Brincadeiras a parte, a verdade é que a assessoria de imprensa é um trabalho de construção de imagem, é um trabalho estratégico e de inteligência; Para a gente fazer uma boa assessoria, precisamos estar atentas aos principais objetivos do cliente. Quanto mais o cliente nos conta coisas, nos fala de ideias, pensamentos, gostos, planos, mais a gente consegue identificar oportunidades e colocar nosso cliente para participar da esfera pública.


É por isso que a primeira entrevista com novos clientes, que fazemos após a assinatura de contrato, tem um clima de “DR”. Pedimos para contar tudo, abrir o coração mesmo. Além de entender os aspectos mais práticos do negócio, como produto, serviço, também queremos saber sobre planos, sonhos e metas de vida.


Esse tipo de estudo do cliente é fundamental em Assessoria de Imprensa, mas para mim é fundamental em qualquer serviço de comunicação. Entender o cliente, a cultura interna da empresa, as metas e filosofia são elementos que ajudam a construir uma comunicação com sentido. Pode parecer supérfluo no primeiro momento. Muitos podem perguntar: mas para quê isso? Por que perder tempo com perguntas intangíveis?


A resposta para esses questionamentos aparece quando o processo começa a acontecer e a equipe de comunicação está preparada efetivamente para contar a história do negócio, com nenhum ou pouquíssimos erros. Costumo brincar que assessor de imprensa sabe mais sobre o negócio que o próprio dono. É uma brincadeira, mas com um fundinho de verdade.


0 visualização0 comentário